Nova injeção promete acabar com queixo duplo

Uma nova injeção para curar o queixo duplo poderá em breve estar no mercado. O tratamento pioneiro significaria que bolsas de gordura ao redor da mandíbula poderiam ser banidas sem cirurgia ou sem a necessidade de uma dieta, dizem os cientistas.

O tratamento envolve a injeção de um químico especialmente formulado - conhecido como ATX-101 - na pele para matar as células de gordura sob o queixo, conhecidas como “gordura submental” ou o queixo duplo. Reguladores estão prontos para considerar uma droga experimental que promete contornar a área sem afetar o tecido circundante.

Se os EUA aprovarem o tratamento, os reguladores europeus poderiam seguir para também trazer as primeiras injeções destinadas a papadas para o mercado. Enquanto as drogas injetáveis, como o Botox e os preenchedores dérmicos podem engordar e suavizar o rosto, acabar com um queixo duplo geralmente significa a realização uma cirurgia mais radical.

A droga é uma versão de ácido deoxicólico, uma molécula que ocorre naturalmente no corpo para ajudar a destruir gordura. Ele reduz a gordura submental por romper irreversivelmente as membranas das células de gordura, causando a destruição delas.

Assessores agendaram palestras para decidir os conselhos antes de uma decisão da FDA em maio.

As injeções foram testadas em 1.600 doentes em ensaios clínicos em toda a Europa e os Estados Unidos. Fabricantes Kythera Biopharmaceuticals Inc disseram que mais de 90% das pessoas que experimentaram a droga mantinham uma redução significativa da gordura após dois anos.

No momento, aqueles que estão descontentes com um queixo duplo podem tentar a lipoaspiração ou lifting facil e de pescoço para se livrar do excesso. Mas os tratamentos invasivos não são adequados para todos, e requer anestesia, uma sala de operação e uma equipe qualificada, aumentando os riscos e custos.

O Globo

Postagens mais visitadas