Centro de tortura de animais aquáticos é construído no Ceará

Como se o Estado do Ceará não tivesse carências graves para atender a população, o ex-Governador Cid Gomes, hoje Ministro da Educação, aprovou a construção de um aquário gigante, três anos atrás, na praia de Iracema, em Fortaleza, com 38 tanques de exibição e capacidade para 15 milhões de litros de água.

Naqueles tanques já podemos imaginar dezenas de animais aquáticos, incluindo golfinhos e baleias, sendo aprisionados. Na contra-mão da história, quando a maioria dos aquários marinhos nos Estados Unidos, Espanha e outras partes do mundo estão em crise e sendo denunciados por abusos de animais inteligentes e inocentes, é que se decide explorar animais aquáticos, a fim de divertir o público e atrair turistas para aquele Estado.
O Projeto aprovado em 2011 começou a ser construído com financiamento Norte-Americano, do Banco Oficial EXIM BANK, e uma Construtora Norte-Americana ganhou a concorrência – se houve mesmo – para construir o elefante branco, a International Concept Management.
A última informação publicada nos jornais é que o novo governo do Ceará suspendeu a obra, por motivo de irregularidades e ante o protesto de muitos segmentos da população cearense, que não entendeu o que passava na cabeça do ex-Governador Cid Gomes, quando decidiu tocar aquele Projeto Megalomaníaco.
Este é o momento em que todos os ambientalistas e organizações que defendem os animais devem se pronunciar, para que aquele absurdo Projeto seja definitivamente arquivado, pois só vai gerar dor e sofrimento em seres inocentes.

Postagens mais visitadas