China transforma cocô em energia



A reutilização de fezes humana é um grande tabu nas sociedades ocidentais, mas na China já é realidade. Na verdade, a ideia é do engenheiro alemão Heinz-Peter Mang, que acredita que os milhões de habitantes chineses podem ser uma mina de ouro.

Na China, grande parte dos detritos sanitários são reutilizados como adubo, fertilizantes ou biogás. Cerca de 6.800 toneladas de fezes humanas são tratadas diariamente no país - o suficiente para encher três piscinas olímpicas.
"Temos que quebrar o tabu em torno da reutilização de materia fecal."
Heinz-Peter Mang, engenheiro alemão
Além disso, a grande migração dos chineses do campo para a cidade está obrigando os engenheiros, como Mang, a quebrarem a cabeça com soluções para energia. O alemão acredita, inclusive, que o modelo implementado na China pode servir de exemplo para o resto do mundo:
"O mundo tem muito a aprender com a China na forma de reutilizar. Temos que quebrar o tabu em torno da reutilização de materia fecal. É tudo ciência para utilização segura e, com cada vez mais pessoas se deslocando para as cidades, há uma oportunidade gigante”, disse em entrevista ao siteBloomberg
Os chineses aplicam técnicas de reutilização de fezes humanas originalmente usadas com o gado. Hoje, 40 milhões de casas de fazenda em toda China têm um tanque para dejetos humanos e animais que é higienizado, separando o sólido do líquido. O que resta é convertido em adubo e fertilizantes. Mang acredita que essa técnica rural, relativamente simples, pode ser implementada de forma industrializada na capital Pequim.
Técnicas de reutilização fecal pelo mundo
O que acontece com o cocô? Os destinos são inúmeros. Em alguns países, os dejetos são lançados aos rios, em outros são incinerados e ainda existem os que preferem enterrar em valas. Já no Reino Unido, a empresa United Utilities Group trata o esgoto de mais de 1 milhão de habitantes, e opera um centro de reciclagem fecal capaz de fornecer energia a 25 mil casas.
Bill Gates recentemente financiou um projeto que transforma fezes humana em água potável e energia elétrica. A usina é capaz de produzir diariamente 86 mil litros de água e 250 kW de energia. Os processos são bem simples: fervura dejetos, e aproveitamento do vapor resultante, que é purificado até se tornar potável.

Postagens mais visitadas