O rosto humano mudou por conta de alimentos processados


Calma! Seu rosto não vai ficar parecido com o do Sloth só por que você está comendo muitos salgadinhos e hambúrgueres. Um estudo, realizado em 2004, revelou que a os alimentos processados podem alterar o formato do crânio humano. Mas a mudança não é nada de surreal: o máximo que pode acontecer é a diminuição da mandíbula.


Os Neandertais, por exemplo, tinham o crânio bem diferente do homo sapiens. A aparência primitiva de nossos ancestrais se dava por conta da sobrevivênca da espécie. Pense bem, eles não tinham comida processada, portanto tinham que ter mandibulas e dentes fortes o suficiente para mastigarem carnes cruas e se alimentarem.

Os autores do estudo observaram e compararam o crescimento de dois damões do cabo (Procavia capensis), Um era alimentado apenas com comidas processadas enquanto o outro com ‘pratos’ mais duros. Como resultado, o segundo animal desenvolveu uma mandíbula mais forte. A estética dos animais também apresentou diferenças: o primeiro damão ficou com o “queixo” mais fundo, cerca de 10% menor que o do seu parceiro.

O experimento foi feito com animais, mas os pesquisadores acreditam que os efeitos dos alimentos processado são os mesmos com os humanos. Acrescentando pelo menos um século de industrialização alimentícia, as futuras gerações podem sofrer sérias mudanças faciais.

Postagens mais visitadas