Supermercados são condenados por vender alimentos vencidos

Uma rede de supermercados em Rio Verde, no sudoeste de Goiás, foi condenada pela Justiça ao pagamento de quase R$ 20 mil por vender alimentos vencidos ou impróprios para consumo. Segundo consta no processo, fiscais da Superintendência de Proteção aos Direitos do Consumidor em Goiás (Procon-GO) e da Vigilância Sanitária flagraram o problema 18 vezes em um período de quatro anos. A empresa recorreu da decisão.

A rede foi denunciada pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO). “Os consumidores que compraram naquele estabelecimento, eles foram ultrajados quando tiveram acesso ou tiveram a oportunidade de adquirir produtos vencidos. O fornecedor tem obrigação de zelar pelo respeito com o consumidor”, afirma o promotor Márcio Lopes Toledo.
O diretor do Procon na cidade, Marcos Thomaz, ressalta a importância de os consumidores observarem as informações dos produtos durante a compra. “Essa é a principal dica que nós damos ao consumidor, que ele tenha esse hábito de prestar bem atenção no rótulo para verificar bem esse prazo de validade e possa haver essa reclamação no Procon”, afirma.Caso a sentença seja mantida, o valor da indenização deverá ser encaminhado ao fundo municipal que mantém as ações de defesa do consumidor. Segundo o Procon, no ano passado foram realizadas 35 autuações por exposição de mercadorias vencidas em estabelecimentos de Rio Verde.
Do G1 GO

Postagens mais visitadas