Mini cavalo vítima de maus-tratos é resgatado, mas outros 31 animais permanecem negligenciados

Este cavalo em miniatura, chamado Tiny, está trotando os pequenos cascos pelo longo caminho da recuperação depois de ter sido salvo de uma vida de negligência – mas ele não é o único que precisa de ajuda. 

Este equino minúsculo era um dos 31 mini cavalos e 3 jumentos que viviam em condições precárias em uma propriedade na Carolina do Sul, Estados Unidos. Na semana passada, voluntários do Big Oaks Rescue Farm viajaram até lá com agentes da lei de Spartanburg, depois de uma denúncia de que os animais estavam sofrendo maus-tratos.
Foto: Facebook/Big Oaks Farm Rescue
Foto: Facebook/Big Oaks Farm Rescue
O fundador do Big Oaks, Jo Mann, disse ao The Dodo que era evidente a situação aflitiva e penosa dos animais. Estavam com os cascos e pelos excessivamente crescidos e estavam recebendo feno podre para comer. Mann esperava que as autoridades fossem resgatar todos os animais, mas em vez disso apenas persuadiram o tutor idoso a entregar voluntariamente três, incluindo Tiny, que pareciam estar em pior estado. Um dos animais morreu mais tarde.
“Os dois sobreviventes estão se saindo bem, na medida do possível,” disse Mann. “Mas são os outros 31 que ainda estão lá que mais me preocupam”.
Mann disse que está muito desapontado com o Órgão de Fiscalização Ambiental do Município de Spartanburg, por não ter tomado providências imediatas para resgatar os cavalinhos remanescentes. A maioria deles ainda está trancada em um celeiro “imundo”.
Foto: Facebook/Big Oaks Farm Rescue
Foto: Facebook/Big Oaks Farm Rescue
Foto: Facebook/Big Oaks Farm Rescue
Foto: Facebook/Big Oaks Farm Rescue
Segundo Mann, o encarregado responsável naquele dia comentou que o velho teria dito que “ama os cavalos”. Mann replica: “Pelas fotos, imagino que seus olhos vão se encher de água, se você olhar dentro daquele celeiro. Outros municípios teriam levado todos os 34 animais, mas não foi o que Spartanburg fez”.
Foto: Facebook/Big Oaks Farm Rescue
Foto: Facebook/Big Oaks Farm Rescue
Em vez de serem acusados de crueldade com os animais, considerado delito grave na Carolina do Sul, o tutor e o zelador receberam três intimações judiciais por maus-tratos aos animais.
James Nelson, chefe da fiscalização ambiental, disse ao jornal Spartanburg Herald, que os agentes farão visitas constantes para verificar como estão os cavalos, mas para Mann a condição de risco dos animais exige providências imediatas.
“Você tem certeza de que os animais não foram bem cuidados, quando vê que os cascos estão demasiadamente crescidos, como sapatos de elfos, começando a virar para cima e para os lados. Arriscaria a dizer que seus cascos não têm sido cortados há anos”, afirma Mann. “A ração do lado de fora estava preta. Os animais estão desnutridos”.
A Big Oaks Rescue Farm está equipada para fornecer um porto seguro para os cavalos em miniatura que restaram, mas é preciso que o Departamento de Controle Animal do Município de Spartanburg dê o primeiro passo.
“Estes animais não podem chamar o 911 e nós não temos autoridade para entrar na propriedade. Não podemos fazer nada, portanto, dependemos das autoridades”, disse Mann. “Lamento pelo velho proprietário, mas seus cavalos precisam de ajuda”.
As informações são do site The Dodo.

Postagens mais visitadas