Paciente com raiva terá acompanhamento de Médico americano

O paciente de 38 anos que foi contaminado pelo vírus da raiva e está internado no hospital Regional de Campo Grande terá acompanhamento de um médico americano Rodney Willoughby que dará biopterina. O tratamento é o mesmo de um garoto em Pernambuco em 2008.


O tratamento será acompanhamento pela internet e a dose do remédio virá de Brasília para ser aplicada no paciente nesta terça-feira (21), onde até o momento o paciente encontra-se estável de acordo com boletim médico, em coma induzido e respirando com ajuda de aparelhos.

O paciente demorou 40 dias para ir ao médico após ser mordido pelo animal em Corumbá, sentindo irritabilidade, espasmos musculares e dificuldade para tomar água. Há pelo menos 20 anos não era realizado o registro da raiva no Estado.

Postagens mais visitadas