Suspeito de queimar cachorro até a morte se entrega em Campina Grande


O suspeito de queimar um cachorro vivo até ele morrer se entregou na manhã desta terça-feira (14) na Central de Polícia Civil, em Campina Grande. Por ter sido um crime de baixo potencial ofensivo, ele assinou um termo Circunstanciado de Ocorrência e vai responder em liberdade.


O delegado Francisco Iasley já havia adiantado detalhes da investigação, em primeira mão, no Cidade Alerta Paraíba, da TV Correio HD, onde confirmou que já sabia o necessário sobre o suspeito para que ele fosse detido.

Segundo o delegado, ele foi ouvido e o procedimento agora fica por conta da justiça. Iasley informou que, se condenado, o suspeito pode ficar preso por até um ano e meio. Porém, ele deixou claro que quem decide, a partir de agora, todo o processo é a justiça.

Um vídeo mostra o homem queimando o animal ainda vivo enquanto ele agoniza até a morte. Em depoimento, ele teria alegado que o cachorro estava doente e por isso o matou. Assista o vídeo.

Do Portal Correio

Postagens mais visitadas