Cientistas conseguem aumentar o tamanho de frutas

Geneticistas mapearam o genoma dos tomates e descobriram o que faz eles crescerem. Embora seja apenas um experimento, os resultados poderiam oferecer uma forma de aumentar consideravelmente o tamanho de outras frutas.

Muitas pessoas consideram o tomate um vegetal, mas na verdade é uma fruta. E como toda fruta, suas flores se desenvolver a partir de uma parte específica da planta, conhecido como meristema. No meristema, uma via conhecida como CLV regula o crescimento da flor. Esta via pode limitar ou estimular certas partes do processo de crescimento, dependendo da modificação.
“O tamanho dos frutos de planta depende do que acontece na parte superior do tronco”, explica a bióloga geneticista Elizabeth Pennisi. “Lá, células não especificadas, chamadas células-tronco se dividem para fazer mais de si mesmos ou especificar-se em partes de plantas específicas.”
Os cientistas descobriram um circuito fechado de realimentação envolvendo dois genes. Um para estimular a produção de células-tronco e outro para manter a produção alta. Este último, chamado CLV, produz o crescimento.
Outras frutas
Estudos anteriores descobriram a CLV existe em uma larga variedade de plantas, desde milho até arroz. Isso significa que poderíamos usar essa descoberta para ajustar o tamanho de outras frutas e vegetais.

Postagens mais visitadas