Rinha de canários: polícia apreende mais de 200 aves e detém quase 60 pessoas em Sapé

Uma operação do Comando da Polícia Ambiental culminou na detenção de 58 pessoas, no município de Sapé, que estavam ligadas à prática de rinha de canários. Foram apreendidas 204 aves que eram submetidas aos maus tratos.

O flagrante partiu de uma denúncia Comando Integrado de Operações Policiais (Ciop), que acionou a equipe comandada pelo Major Tibério, do Comando do Batalhão de Polícia Ambiental.

Cada uma das pessoas responderá pelo crime de maus tratos, cuja pena administrativa varia de R$ 500 a R$ 3 mil. Para estes casos, o indivíduo pode cumprir de três meses a um ano de detenção. Além disso, os proprietários de aves vão responder, também, pela prática de ter em cativeiro animal silvestre, que prevê multa de R$ 500 por ave, e cumprir pena que varia de seis meses a um ano de detenção.

Os canários apreendidos serão encaminhados ao Parque Zoo Arruda Câmara (Bica) ou ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS), ligado ao Ibama.


PB Agora

Postagens mais visitadas