Restaurantes de João Pessoa vão ser obrigados a informar composição dos lanches aos clientes


Os restaurantes e lanchonetes do tipo fast food que funcionam em João Pessoa vão ser convocados pelo Procon da Capital para que comecem a obedecer uma determinação do Código de Defesa do Consumidor (CDC), na qual é prevista a informação aos clientes sobre os componentes dos alimentos que podem causar alergias ou para a quantidade de ingredientes que prejudicam as pessoas que sofrem de diabetes, pressão ou colesterol altos.

O Procon-JP quer se reunir com os donos dos fast foods para discutir a melhor maneira de os estabelecimentos se adequarem a essa determinação. 

Segundo o CDC, a informação deve ser adequada e clara sobre os diferentes produtos e serviços, com especificação correta de quantidade, características, composição, qualidade preço, bem como sobre os riscos que apresentem.

De acordo com o secretário do Procon-JP, Helton Renê, alguns restaurantes de João Pessoa já obedecem a determinação.

“Sabemos que uma parte dos restaurantes já trabalha com avisos sobre a quantidade e os componentes das comidas que servem, a exemplo de teor calórico, sal e açúcar, mas a grande maioria ainda não utiliza esse serviço de informação ao consumidor, por isso precisamos balizar a questão”, falou o secretário.

Do Portal Correio


Postagens mais visitadas