Empresa desenvolve tabletes de inseticidas biológicos contra a dengue

Uma empresa que funciona no Centro de Inovação e Empreendedorismo da Universidade de São Paulo (USP) desenvolveu inseticidas biológicos contra o mosquito transmissor da dengue, são tabletes capazes de impedir o desenvolvimento do mosquito Aedes Aegypti. A pastilha pode ser adicionada em caixas d'água, vasos de plantas, piscinas ou qualquer outro reservatório, e a água continuará potável.

Ao serem adicionados a água limpa, os tabletes liberam uma bactéria que é inofensiva aos serem humanos, mas que mata as larvas do mosquito em até vinte e quatro horas. E continuará matando as larvas por pelo menos mais sessenta dias, segundo o diretor da empresa BR3, Rodrigo Perez.
Confira no vídeo:
O produto não agride o meio ambiente já foi aprovado na última fase de testes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Agora falta a publicação em uma revista científica para começar a ser comercializado. O produto foi desenvolvido em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz do Rio de Janeiro.
Fonte: TV Brasil

Postagens mais visitadas