Fábrica clandestina de medicamentos

Uma fábrica clandestina de medicamentos foi descoberta em uma residência, nesta segunda-feira (21), em Cuiabá, pela Polícia Militar. No local foram encontrados produtos fitoterápicos e as embalagens indicavam que eram produzidos em Fortaleza (CE). Segundo a polícia, o proprietário da casa tem 25 anos e foi preso em flagrante e atuava em conjunto com três adolescentes, que ainda não foram identificados.

Depois, os medicamentos eram passados para os recipientes por meio de um funil, sem esterilização. Os materiais ficavam expostos no chão de um banheiro da casa, sem nenhuma higiene.As investigações apontam que a fachada da residência era usada como uma empresa voltada para aluguel de materiais de festa. Os medicamentos eram produzidos no quintal da casa em duas panelas grandes e com um pedaço de ferro, os suspeitos misturam os produtos.
No local, de acordo com a PM, também eram produzidos vários tipos de medicamentos anti-inflamatórios e estimulantes sexuais. Na embalagem de um dos produtos, havia o anúncio ‘limpa barriga’, que seria destinado para pessoas que pretendem combater a obesidade, celulites e até ansiedade. As etiquetas do remédios indicavam até como deveriam ser ingeridos. O proprietário da fábrica não informou para quem fornecia os medicamentos.
 O tenente da PM, Eliezer Freitas, explica que qualquer tipo de produção de medicamento sem autorização, é crime. “A produção dos remédios era inadequada, sem nenhum cuidado, não tem registro dos órgãos competentes, além de o dono não ter formação acadêmica para exercer a profissão. No local havia menores trabalhando, manuseando ácido sem proteção para o corpo e respiração também. A Vigilância Sanitária da capital deverá apurar o caso.
Do G1 MT

Postagens mais visitadas