Parceria entre Prefeitura, APPA, MPF e UFCG prevê fortalecimento do trabalho sobre cuidados com os animais de ruas

Uma reunião entre representantes da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Agricultura, Associação Patoense de Proteção aos Animais (APPA), Ministério Público Federal (MPF) e Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) discutiu na tarde da última segunda-feira, 6 de julho, o fortalecimento do trabalho sobre cuidados com os animais em situação de abandono nas ruas.

O objetivo da reunião foi encaminhar soluções diante da problemática de animais abandonados na cidade e no campus da UFCG em Patos, que atualmente já registra mais 100 animais em situação de abandono, segundo informou a diretora do campus, Ana Célia. Também participaram das discussões, representantes da Vigilância Sanitária do Município.
Dentre os pontos assumidos pelas instituições no encontro ficou o funcionamento do veículo de castração animal, APPA Móvel, direcionado para cães e gatos em situação de abandono, assinatura de termo de cooperação entre UFCG, Prefeitura e APPA para auxilio técnico no tratamento de animais, ampliação do abrigo para cães e gatos, além da realização de campanhas educativas relacionadas à temática. 
Para o Secretário do Meio Ambiente, Pedro Leitão, a discussão foi positiva, uma vez que novas parcerias foram assumidas diante do problema. “A Prefeitura está preocupada com essa questão e partir deste momento o trabalho ganhará mais força. Já estamos buscando recursos para construção do centro de zoonoses, porém, vamos adiantar essas medidas como maneira de minimizar a situação”, disse. 

O procurador da República, Felipe Albernaz, pontuou o compromisso assumido pelas instituições e ressaltou a importância da população também colaborar com o trabalho. “Inicialmente foi discutida a amplitude deste problema em Patos, a partir da soltura de diversos animais na cidade e no campus da universidade e, colocamos em pauta, vários encaminhamentos que devem ser cumpridos pelas instituições. Neste aspecto, a população também precisa colaborar, no sentido de não soltar os animais”, ressaltou. 
Patrian Júnior, representante da APPA, comentou o apoio do Município a associação e pediu o empenho da sociedade no trabalho de cuidados com os animais. “Os frutos deste trabalho já estão sendo colhidos com o apoio de todos, da Prefeitura que vem nos ajudando, mas, precisamos também da colaboração da sociedade. A reunião foi muito boa, principalmente, pela participação do MPF e da UFCG e esperamos agora melhorar cada vez mais o serviço”, disse. 

Assessoria 

Postagens mais visitadas