Sacos plásticos podem ter matado hipopótamo em zoo de Araçatuba

Veterinários da Unesp de Araçatuba (SP) divulgaram na terça-feira (21) um laudo preliminar sobre a causa da morte do hipopótamo “Miltão”, um dos animais mais populares do zoológico da cidade. Ele foi doado pelo zoológico de Bauru (SP) e estava em Araçatuba desde abril de 1989. 

O hipopótamo foi encontrado morto na manhã de terça-feira por funcionários do zoo. Segundo informações da prefeitura, os funcionários do zoológico foram fazer a limpeza e o encontraram caído.
Segundo o laudo, durante o exame no corpo do animal foi encontrado um tampão formado por sacos plásticos e restos de metal que obstruiu o estômago e parte do intestino. A suspeita é que ele tenha engolido sacos plásticos e outros objetos atirados por visitantes na água da lagoa onde ele vivia.
O secretário de meio ambiente da cidade, Jorge Hector Rojas, comentou sobre a morte do animal. "A gente observou que havia vestígios na região do intestino do animal de plásticos e alguns tipos de metal. Isso acontece lamentavelmente porque as pessoas jogam para os animais alguns alimentos com o plástico junto. Vamos ter que fazer severas campanhas de controle para que não aconteça dentro de nosso zoológico."
Miltão tinha 37 anos e estava doente há alguns dias. Ele recebeu antibióticos, mas a causa do problema não foi diagnosticada. O laudo oficial sobre a causa da morte deve ser publicado em 15 dias.
G1

Postagens mais visitadas