Donos de cachorro devem pagar R$ 3 mil por mordida, manda juiz do DF

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal condenou os donos de um cachorro a pagar R$ 3 mil a uma mulher que teve a perna e os pés mordidos no hall do elevador de um prédio em Brasília. Ela pedia inicialmente R$ 15 mil. Cabe recurso.

Os donos do cachorro alegaram no processo que o animal apenas reagiu à forma com que a vítima tentou acessar o hall. Eles também disseram que o cão estava preso à coleira.A mulher disse à Justiça que esperava o elevador junto com a filha de 6 anos quando foi atacada pelo cão. Ela afirmou ter de ser levada ao hospital, recebendo cinco aplicações de vacina contra raiva.
O juiz entendeu que o dono do animal deve ressarcir danos causados por não comprovarem culpa da vítima ou força maior.
G1

Postagens mais visitadas