Consumo de frutas está associado a menor ganho de peso

As frutas e seus sucos têm sido consideradas vilãos de muitas dietas, sob a afirmação de que tem alto teor calórico. Entretanto, uma pesquisa conduzida pela Universidade de Harvard apontou que elas não são vilãs do emagrecimento. Inclusive, o aumento no consumo de frutas e de vegetais pobres em amido, como brócolis, couve e abobrinha, está associado a menor ganho de peso.


O estudo foi feito com 133.468 pessoas, nos Estados Unidos, por um período de 24 anos. Foram examinadas as associações entre as mudanças de peso dos indivíduos e o que seu consumo de frutas e verduras, que era documentado num diário. Os relatos, para fins de pesquisa, também levavam em conta aspectos do estilo de vida, como o tabagismo e a prática de atividade física. 


Após ajustar todas as variáveis, a pesquisa apontou que o aumento no consumo de frutas e as verduras de baixo amido se relacionavam com redução de peso, enquanto que o consumo de vegetais ricos em amigo, como ervilhas e milho, ajudavam a pesar mais na balança. 
Frutas Balança Perda de Peso
Os resultados não podem ser generalizáveis, uma vez que o perfil dos voluntários era bem parecido (a grande maioria era de adultos brancos e de alta escolaridade). E como eles mesmos preenchiam os diários de dieta é possível que tenham cometido alguns erros no decorrer da pesquisa. Entretanto, o estudo é forte. Foi feito com uma grande amostragem de pessoas, por um largo período de tempo e com acompanhamento constante.

"Nossos resultados apontam benefícios do aumento do consumo de frutas e vegetais para prevenir o ganho de peso a longo prazo", atesta a coordenadora da pesquisa Monica Bertoia. "Além disso, fornece orientações de alimentos específicos que podem ajudar na prevenção da obesidade, um fator de risco para diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares, cânceres e muitas outras condições de saúde."

Postagens mais visitadas