Polícia investiga abate irregular de bovino com suspeita de raiva

A Polícia Civil investiga o abate irregular de uma vaca com suspeita de raiva no Bairro Tupã, em Juiz de Fora. Segundo a Polícia Civil, um homem de 45 anos confessou que matou o animal e repassou a carne para terceiros.

As vísceras serão encaminhadas para análise em Belo Horizonte. Foi aberto inquérito e o homem responderá por maus-tratos a animais e por crime contra a saúde pública.
A delegada Dolores Tambasco contou que as investigações apontam que a vaca morreu agonizando de fome e depois foi abatida. Ela também informou que restos do animal foram encaminhados ao aterro sanitário pelos fiscais da Secretaria de Atividades Urbanas da Prefeitura de Juiz de Fora (SAU).
O homem suspeito de ser o proprietário da vaca foi ouvido no Núcleo de Atendimento às Ocorrências de Maus Tratos a Animais e liberado. Ele confessou que o animal poderia estar doente.
G1 MG

Postagens mais visitadas