Vigilância Sanitária apreende duas toneladas de carne em supermercado

Fiscais do Departamento de Vigilância Sanitária (Dvisa) apreenderam aproximadamente duas toneladas de carne no Hiper DB da avenida Jornalista Umberto Calderaro Filho (antiga Paraíba), na Zona Centro-Sul de Manaus. A blitz no estabelecimento foi solicitada pelo próprio DB, após uma denúncia falsa envolvendo o nome do supermercado ser divulgada nas redes sociais.
No local, os fiscais da Vigilância Sanitária confirmaram que o vídeo, em que um gato aparece comendo carne moída no balcão, não foi gravado no DB. Mas acabaram encontrando irregularidades na conservação de um lote de carne que estava sendo descarregado no instante da fiscalização.
O fiscal de saúde do Dvisa, Fábio Markendorf, explicou que o material apreendido estava armazenado em uma temperatura variada de 20º a 17ºC, quando na verdade deveria ser abaixo de 5º.  “O consumo de um alimento conservado dessa forma pode ocasionar doenças sérias”, explicou. Foi Fábio quem confirmou que o vídeo que viralizou nas redes sociais e aplicativos móveis não foi feito no local.
A carne apreendida pelo departamento passará por exames para verificar se o alimento pode ser ainda consumido por animais, para que tenham pelo menos um destino de doação. O fiscal afirmou que a carne não possui condições de ser consumida por humanos.

No supermercado, o Dvisa realizou a lavratura do auto da infração, que pode gerar multa de 400 Unidade Fiscais do Município de Manaus (UFM) – cerca de R$ 30 mil. Fábio ainda informou que outras unidades do supermercado DB não serão fiscalizadas nesta quinta-feira (10), mas há agendamento para outros dias, os quais não foram divulgados.
O gerente de marketing do supermercado Hiper DB, Guto Corbertt, informou que a fiscalização chegou no momento em que a carne estava saindo do caminhão de entrega e que o produto ficou alguns minutos fora do veículo aguardando os fiscais buscarem o termômetro, por isso a temperatura fora do padrão. “Com este sol de Manaus é difícil manter a temperatura necessária, ainda mais dentro do caminhão. Estamos desde segunda-feira trocando todos os nossos balcões para evitar que qualquer material esteja mal conservado”, garantiu.

Postagens mais visitadas