Açúcar, meditação e segurar o xixi: alguns aliados para ter mais força de vontade

Com base em estudos científicos, aqui estão maneiras simples de melhorar o autocontrole.

Segurar a urina

Pode parecer absurdo, mas reza a lenda que o primeiro-ministro britânico, David Cameron, costuma usar essa estratégia antes de reuniões e discursos importantes. O argumento é que enquanto o cérebro está ocupado tentando controlar o corpo em um certo aspecto, a disciplina acaba se espalhando para outras áreas.
Em um estudo de 2011, pesquisadores do Departamento de Marketing e Psicologia do Consumo da Universidade de Twente, na Holanda, pediram a voluntários que tomassem vários copos de água. Antes de deixá-los irem ao banheiro, os especialistas ofereceram aos participantes a chance de ganhar uma recompensa em dinheiro – mais volumosa quanto mais tempo eles esperassem para se aliviar.
Não foi surpresa ver que mesmo aqueles que estavam apertados preferiram aguardar até poder receber o valor máximo – um clássico teste de força de vontade.

Pensar duas vezes

Psicólogos da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, publicaram um artigo defendendo que a força de vontade é uma espécie de "recurso limitado". Ou seja, é possível esgotar toda a "cota" no espaço de um dia.
Obviamente, não podemos escolher quando nosso autocontrole será testado. Mas quando estamos diante uma decisão importante, como pedir demissão ou romper um relacionamento, a melhor coisa é refletir com calma, mesmo que isso tome alguns dias.
Senão, o resultado pode ser puro arrependimento.

Recorrer ao açúcar

Image copyrightThinkstock
Image captionUm pouco de açúcar no sangue levanta a energia e leva a decisões mais ponderadas
O autocontrole consome as reservas de energia do cérebro, o que significa que você está mais vulnerável quando sente fome.
Um estudo conjunto feito em Israel e nos Estados Unidos mostrou que juízes em tribunais estão mais propensos a fazer julgamentos apressados antes do almoço. Isso também explica por que ficamos mais irritáveis por volta do horário das refeições.
Mas uma simples bebida açucarada pode dar uma "levantada" na energia e restaurar as reservas do corpo. Só não pode virar um hábito.

Dar risadas

Image copyrightThinkstock
Image captionQuando estamos felizes, temos mais força para encarar tarefas mais árduas
Apesar de a força de vontade ser algo que se desgasta ao longo do dia (ainda mais se associada à fome), há outras maneiras de revitalizá-la.
Uma das opções é gargalhar: uma pesquisa da Universidade do Estado da Flórida demonstrou que as pessoas que assistem a vídeos de comédia têm mais capacidade de controlar seus impulsos mais tarde.

Meditar

Image copyrightThinkstock
Image captionAdeptos da meditação acreditam que atividade ajuda a concentrar em prioridades
O autocontrole geralmente envolve sufocar algumas emoções difíceis enquanto se espera pela recompensa maior.
Felizmente, a contemplação consciente ajuda a equilibrar os sentimentos, permitindo que um indivíduo continue a agir de acordo com o que é melhor para ele, sugere um estudo realizado pela Universidade da Basileia, na Suíça.
Uma técnica simples de meditação é concentrar a atenção em diferentes partes do corpo, observando as sensações únicas de cada uma.

Parar de se culpar

A mente automaticamente associa a culpa ao prazer, fazendo com que nossos vícios pareçam ainda mais sedutores quando sabemos que não deveríamos estar mergulhando neles.
De maneira recíproca, permitir-se extrapolar um pouco sem culpa pode ser justamente aquilo que você precisa para manter sua força de vontade, afirmam cientistas da Universidade de Pequim, na China.
Por isso, se você se pegar violando uma resolução, não se castigue – apenas enxergue isso como um escorregão momentâneo que vai lhe deixar renovado e pronto para continuar batalhando pelo que almeja.
Da BBC

Postagens mais visitadas