Cachorro vira 'servidor' e ganha passe livre dentro de Secretaria

Um cachorro de Santos, no litoral de São Paulo, ganhou status de 'servidor público' e, há quatro anos, vive dentro da Secretaria de Turismo da Cidade.
'Feliz', como foi batizado, é um cão da raça poodle e vive sob os cuidados dos funcionários. Como salário, ele recebe o carinho de cada um dos colaboradores do local. 

A história de 'Feliz' começou em janeiro de 2011, quando o porteiro da secretaria chegou para o trabalho e encontrou 'Feliz', na época bastante triste, na porta do local. Ele estava com uma coleira peitoral e metade do pelo raspado. Ao ver a cena, alguns funcionários tentaram ajudar o animal. No começo, porém, ele recusou qualquer apoio. “Ele ficou alguns dias aqui na frente e não deixava ninguém chegar perto. Era bem arisco”, conta o funcionário Marcelo Fachada.
Além de mascote 'Feliz' é visto como funcionário  (Foto: Rafaella Mendes/G1)
Além de mascote 'Feliz' é visto como funcionário
(Foto: Rafaella Mendes/G1)
 
Todos os dias, os servidores públicos levavam comida para o cachorro que, aos poucos, foi se acostumando com a turma. Fachada é considerado o 'pai' do cão. “Durante a semana ele anda pela secretaria toda, fica na sala de um, de outro. Todos passaram a colabarar com a estadia. Sempre gostei de animal. Só fui ter cachorro quando comecei a morar sozinho. Eu gosto demais dele”, conta.

'Feliz' virou mascote da Secretaria de Turismo de Santos (Foto: Rafaella Mendes/G1) 'Feliz' virou mascote da Secretaria de Turismo de
Santos (Foto: Rafaella Mendes/G1)
‘Feliz’ ganhou uma casinha onde fica durante os fins de semana e feriados. Nesses dias, os funcionários se revezam para levar comida ao cachorro. “No começo, alguns não aceitaram a liberdade que ele passou a receber. Ao poucos, foram se convencendo que era legal ter um animal no ambiente de trabalho. Agora todos querem cuidar dele”, explica Fachada.
Antes de 'Feliz', outro mascote ganhou o carinho dos funcionários da secretaria. Em março de 2004, 'Pretinha' apareceu em frente ao prédio. Alguns funcionários também ficaram receosos em cuidar da cadela, mas acabaram cedendo aos encantos dela. Depois de algum tempo da chegada de 'Feliz', 'Pretinha’ faleceu.

Com todos os funcionários acostumados com o novo ‘contratado’, 'Feliz' virou o queridinho da secretaria e todos querem a sua presença por perto na hora do trabalho. “É muito bom um animal no ambiente de trabalho. Hoje ele é um funcionário, o nosso mascote e só falta receber o crachá", finaliza.
Cachorro desperta felicidade entre os funcionários  (Foto: Rafaella Mendes/G1)Cachorro desperta felicidade entre os funcionários (Foto: Rafaella Mendes/G1)
 
Marcelo é considerado o pai do 'Feliz'  (Foto: Rafaella Mendes/G1)Marcelo é considerado o pai do 'Feliz' (Foto: Rafaella Mendes/G1)
 
 
G1
 

Postagens mais visitadas