Cientistas estão desenvolvendo uma linguiça que previne o câncer

A ideia é usar antioxidantes naturais, provenientes de frutas e plantas, entre os ingredientes da linguiça.
Em teoria, isso dificultaria a formação de câncer de cólon. "Linguiças preparadas com antioxidantes poderiam reduzir os riscos de quem, apesar de todos os conselhos, continua não ingerindo um número suficiente de antioxidantes", afirma em comunicado Eva Tornberg, uma das responsáveis pelo projeto e doutora da Universidade de Lund, na Suécia - país que tem o câncer de cólon como um dos tipos mais comuns, com cerca de 5 mil novos pacientes anuais.
A pesquisadora acredita que não se deve condenar as carnes como alimentos exclusivamente maléficos à saúde. "Carne é uma comida nutritiva e não-alérgica, com altos níveis de proteína, minerais necessários e vitamina B. Fazer um comunicado sério como esse [da OMS] sobre um alimento tão básico, talvez faça pessoas não se atentarem a avisos", afirma.
O processo está em seus estágios iniciais. As carnes com antioxidantes ainda estão sendo desenvolvidas e, antes de chegar às prateleiras dos mercados, ela ainda será testada em animais para ver se realmente diminuem as chances de desenvolver a doença. Enquanto isso, os excessos do churrasco de domingo continuarão pesando na consciência - e no corpo.  
Superinteressante

Postagens mais visitadas