Empresário é preso por vender laticínios vencidos

Policiais do Núcleo de Repressão a Crimes Econômicos (Nurce) apreenderam na última quarta-feira (18) aproximadamente 680 quilos de laticínios vencidos na empresa CAS Alimentos, localizada no bairro Fanny, em Curitiba.
O proprietário do local, Sergio Massao Nakano, 50 anos, é suspeito de comprar produtos impróprios para o consumo, alterar a embalagem e a data de validade e revender como produto de sua empresa.
As investigações começaram após uma denúncia que relatava que o empresário comprava produtos de grandes empresas por um preço menor, por estar com o prazo de validade já expirando, e colocava embalagens com o nome da CAS Alimentos e nova data de validade.
Durante a vistoria ao local, os investigadores encontraram produtos como linguiça calabresa, queijo, presunto, salame, mortadela e hambúrgueres de diversas marcas, já com o prazo de validade vencido. Também foram apreendidas etiquetas com o nome da empresa e datas diversas de vencimento. Dezoito funcionários estavam trabalhando no local na hora da ação.
Segundo o delegado-titular do Nurce, Renato Bastos Figueiroa, parte dos produtos foi encaminhado ao Instituto de Criminalística para análise, enquanto os demais foram destruídos em empresa habilitada para essa finalidade. “Separamos uma parte de cada alimento para análise e conclusão do laudo comprovando que os produtos estavam impróprios para uso”, afirmou.
O delegado ressalta que não tem como calcular os danos causados pela empresa. “Os fatos são gravíssimos, uma vez que milhares de consumidores possam estar sendo lesados ao serem induzidos a erro, adquirindo produtos supostamente dentro do prazo de validade. Não temos como mensurar a quantidade de consumidores que foram atingidos”, completa.
De acordo com a polícia, a empresa também é suspeita de vender produtos para diversas cozinhas industriais. Nakano foi autuado em flagrante por crime contra o consumidor e foi liberado depois de pagar fiança. Caso algum consumidor tenha ingerido os alimentos e apresentado sintomas de intoxicação alimentar, deve procurar o Nurce pelo telefone (41) 3321-1960.

Postagens mais visitadas