EUA têm surto de infecção por E. coli ligada a rede de fast food Chipotle

Ao menos 37 pessoas foram infectadas pela bactéria E. coli nos últimos dias nos Estados Unidos, em uma epidemia ligada à rede de lanchonetes tex-mex Chipotle, informaram nesta terça-feira (3) as autoridades americanas.
No Estado de Washington, 25 pessoas foram diagnosticadas com a bactéria Escherichia coli, incluindo "23 que comeram em uma lanchonete Chipotle antes de ficar doentes". Deste total, "nove foram hospitalizadas", segundo as autoridades locais.
Os serviços de saúde do vizinho Estado do Oregon identificaram 12 casos de E.Coli em torno da cidade de Portland, provavelmente ligados à rede Chipotle.
A médica Kathy Lofy participa, nesta terça-feira (3) de coletiva de imprensa no Departamento Estadual de Saúde de Washington sobre o surto de E.coli ligado à rede de fast food Chipotle  (Foto: AP photo/Elaine Thompson)A médica Kathy Lofy participa, nesta terça-feira (3) de coletiva de imprensa no Departamento Estadual de Saúde de Washington sobre o surto de E.coli ligado à rede Chipotle (Foto: AP photo/Elaine Thompson)
Cientistas identificaram o microorganismo específico responsável pelo surto e acreditam que ele tenha contaminado os consumidores por meio de produtos frescos como alface ou tomate.
A rede Chipotle, muito popular nos Estados Unidos, teve que fechar 43 lanchonetes na costa oeste enquanto realiza uma investigação sobre o caso.
Fundada em 1993 em Denver, no Colorado, a rede Chipotle ganhou fama por não trabalhar com alimentos modificados geneticamente e carne de animais tratados com antibióticos.
Da France Presse

Postagens mais visitadas