Gerente é detido após apreensão de produtos vencidos em supermercado

O gerente do Supermercado Extra do Setor Serrinha, em Goiânia, foi preso nesta segunda-feira (16) após uma vistoria da Polícia Civil encontrar produtos impróprios para o consumo sendo vendidos no local.
Vários alimentos, como peixes e frutos do mar, foram apreendidos. A corporação afirma ainda ter encontrado insetos no depósito da loja.
Em nota, a assessoria de imprensa do Extra informou que "o fato não corresponde ao padrão de operação exigido pela companhia e está tomando todas as providencias necessárias para correção, conforme orientação dos órgãos".
 A operação foi realizada pela Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon) em parceria com a Vigilância Sanitária e o Procon. De acordo com o delegado Eduardo Prado, foram recolhidos quatro carrinhos de compras lotados com produtos.
"No depósito, tinha barata andando por todo lado. Já na loja, havia comida vencida e peixe em temperatura inadequada, armazenado de forma incorreta. Além disso, produtos como veneno estavam expostos nas prateleiras ao lado de comida, o que é proibido", disse ao G1.
Por ser responsável pelo supermercado, o gerente foi detido em flagrante por  venda de produtos impróprios para consumo. O crime é inafiançável e a pena, caso seja condenado, varia de 2 a 5 anos.
Gerente do supermercado Extra é preso em Goiânia, Goiás (Foto: Sílvio Túlio/G1)Polícia disse que apreendeu carrinhos cheios de produtos impróprios (Foto: Sílvio Túlio/G1)
Do G1 GO

Postagens mais visitadas