Limpar a bunda: você está fazendo isso errado

1 - Acerte no papel

Escolha um papel higiênico suave e de folha grossa, que rende mais, garante delicadeza e evita ferimentos. Destaque três pedaços e faça duas dobras, deixando espaço para usar as duas faces da folha. Evite papel com cheiro, pois alguns corantes e perfumes podem causar alergias. Veja como usá-lo corretamente:

Papel higiênico
Estúdio Pingado
- Três folhas é uma medida ideal: não falta nem sobra.
- Dobrando em três, a espessura fica ideal e evita sujar as mãos.
- Desenrole por cima: a ponta do papel fica mais visível e facilita destacar com uma mão só.

2 - Senta lá

Assentado é melhor porque os glúteos se afastam. Se o banheiro for sujo e você prefere se limpar sem encostar no assento, vale agachar. Só não limpe em pé, porque as nádegas ficam mais próximas e dificultam o acesso ao "problema".

3 - Fuja da contramão

jeito certo de limpar a bunda
Estúdio Pingado
Faça movimentos suaves, sempre de frente para trás para evitar que as fezes migrem para a zona íntima. No caso das mulheres, em que a uretra é próxima ao ânus, esse deslocamento de bactérias pode causar infecções do trato urinário.

4 - Finish it!

Para limpar resquícios de fezes aeradas e moles, o ideal é usar lenços úmidos, daqueles para limpar bebês. Para quem tem bunda peluda, os lencinhos ajudam a desemaranhar. Só não deixe a região úmida para evitar a proliferação de fungos.

5 - Lavou tá novo

Se sofrer de hemorroidas, mais comuns em pessoas que defecam fezes duras, ou se tiver sensibilidade anal, o mais conveniente é usar água morna e sabão. O mesmo vale para diarreia: um jato molhado remove melhor e evita irritações.     
Superinteressante

Postagens mais visitadas