Seu cachorro pode ser doador de sangue

A gente já sabe que ter cachorro é bom para a saúde. Mas e o bem-estar deles? Cachorros têm mais de 20 tipos sanguíneos (embora seis sejam os mais comuns e dois cubram 71% da população canina no Brasil).
E, assim como humanos, quando eles ficam doentes, precisam de transfusão de sangue. 
O problema é que os bancos de sangue canino no Brasil estão sempre vazios. "Na maioria das vezes, quando um animal precisa de transfusão, ele acaba morrendo", diz a veterinária Tatiane Marisis. 
Contra isso, foi criado no Recife o app Sangue Amigo, que conecta cachorros doadores com os doentes. É só fazer um cadastro e, quando algum animal por perto precisar, você recebe uma notificação. 
Entretanto, assim como para os humanos, para os cães também há restrições: só podem doar sangue aqueles que têm entre 1 e 8 anos e que pesam mais de 27 kg. 

Postagens mais visitadas