Supermercado é autuado após cliente filmar rato comendo pão

Após um cliente flagrar e filmar um rato roendo embalagem e comendo pão em uma prateleira do Carrefour, a Vigilância Sanitária de Manaus (Visa) realizou inspeção em um supermercado da rede nesta terça-feira (29).
Um auto de infração foi lavrado contra o estabelecimento, que pode ser multado em até R$ 33 mil. Durante a vistoria, não foram encontrados roedores no local, segundo a Visa. O Carrefour informou que os produtos filmados pelo cliente foram descartados e o controle de pragas foi reforçado.
Ainda de acordo com Fabris, as condições do ambiente, em especial do depósito, exigiram que o auto de infração fosse lavrado. O estabelecimento terá três dias úteis para apresentar defesa e pode ser multado em até 400 UFMs, o equivalente a R$ 33.512.
Por meio de nota, o diretor da Visa explicou o motivo da autuação. "O ambiente estava desorganizado, sem higiene e limpeza, que são fatos que possibilitam o surgimento de insetos e roedores", explicou Marcos Fabris.
Entenda o caso
Um consumidor flagrou um rato em uma das gôndolas do estabelecimento roendo uma embalagem e comendo pão nesta segunda-feira (28). O caso ocorreu no bairro Flores, na Zona Centro-Sul de Manaus, próximo à Rodoviária. De acordo com a assessoria da rede de supermercados, a empresa descartou produtos da prateleira onde o animal foi visto e reforçou o controle de pragas no estabelecimento.

A assessoria do supermercado declarou que trata-se um fato pontual e isolado, e que não condiz com sua política de Segurança Alimentar, que segue de maneira estrita as normas da Vigilância Sanitária e demais legislações vigentes.
Confira íntegra da nota do supermercado:
A rede informa que, imediatamente ao tomar conhecimento do caso, reforçou seus rigorosos procedimentos de higiene e limpeza para o controle de pragas na unidade. Os produtos expostos na gôndola foram descartados e o local devidamente limpo em conformidade com as regras de segurança alimentar. Paralelamente, a companhia mantém contato com o consumidor para apurar o ocorrido e apresentar as medidas adotadas.A empresa ressalta ainda que este incidente, que configura fato pontual e isolado, não condiz com sua política de Segurança Alimentar, que segue de maneira estrita as normas da Vigilância Sanitária e demais legislações vigentes.
G1 AM

Postagens mais visitadas