Vigilância apreende oito toneladas de frangos

Amostras coletadas de um lote de oito toneladas de carne de ave congelada da marca Pramin, tipo galinha com miudezas, foram descartadas nesta terça-feira, 15. O material foi apreendido na última segunda-feira pela Vigilância Sanitária (Visa) de Barreiras, 858 km de Salvador, ao serem comercializadas em uma unidade da rede Atacadão na cidade.
De acordo com o coordenador da Visa/Barreiras, Marcio Pita, a empresa revendedora ficou como fiel depositária  da maior parte do produto até que o Ministério da Agricultura e o Ministério Público, notificados hoje, se manifestem sobre o assunto, uma vez que a carne é originária de um frigorífico com Selo de Inspeção Federal (SIF).
"Recebemos a denúncia através de um consumidor, que adquiriu duas unidades nesta empresa e quando descongelou para preparar, descobriu que dentro tinha, além das miudezas comestíveis como coração e fígado, os intestinos e até a moela sem limpar", disse Pita, enfatizando que esta condição deixa toda a carne inadequada, pois pode ter sido contaminada pelas fezes dos animais.
Conforme Márcio Pita, além das oito toneladas que estavam no Atacadão de Barreiras, "devem ter mais cinco toneladas em algum outro estabelecimento da região, já que 13 mil quilos foram vendidos pelo frigorífico para o oeste da Bahia". Ele espera que a população colabore no sentido de denunciar à Visa, se localizar algum produto com estas características.
A assessoria do Atacadão, através de nota, esclareceu que assim que foi identificado o problema, retirou o lote da marca Pramin da área de vendas da sua unidade situada em Barreiras (BA). A nota destacou que a fabricante Averama foi acionada para apurar as causas do problema no referido lote e que a rede irá acompanhar o processo de adequação da fabricante, reforçando seu compromisso com a qualidade dos produtos que comercializa.
Também em nota a Averama lamentou o ocorrido e informou que "iniciou processo de apuração interna para identificar as causas desta falha pontual", reforçando que possui "processos automatizados rigorosos para controle de todas as etapas de produção em sua planta fabril. Neste momento, a Averama trabalha ainda para retirar os lotes já isolados das áreas de vendas e para ajustar o abastecimento de todos os seus clientes afetados".​
Grande estoque de frango foi apreendido pela vigilância (Foto: Reprodução  | Blog Sigi Vilares)

Fonte

Postagens mais visitadas