Homem é levado à delegacia por suspeita de vender carne de cachorro

Um homem foi detido por suspeita de vender carne de cachorro no mercadão da cidade de Planalto, na região sudoeste da Bahia, neste sábado (23).
Segundo o guarda municipal Iralton Oliveira, já na delegacia, o rapaz, que aparenta ter 35 anos, disse que matou o cachorro de estimação porque ele estava "dando trabalho". Uma senhora que comprou a carne, ao saber da situação, foi à unidade policial e devolveu a mercadoria.
"Ele disse, primeiro, que era carneiro. Depois, falou que o cachorro era dele, que estava dando trabalho e, para não morder gente, matou. Uma senhora comprou e depois devolveu. Ele separou os pedaços. Estão aqui, dentro de um balde. Vai ser investigado se ele tem problemas mentais ou se é viciado em drogas", disse o guarda municipal.
O suspeito foi encaminhado para a delegacia de Vitória da Conquista, a principal da região, para procedimento após o flagrante e deve voltar para Planalto ainda neste sábado. Ainda não há informações se ele permanecerá preso.
Confusão chama atenção em feira livre de Planalto (Foto: Blog do Anderson)Confusão chama atenção em feira livre de Planalto (Foto: Blog do Anderson)
G1 BA

Postagens mais visitadas