Os perigos que as velas perfumadas escondem

Acender uma vela perfumada é um truque que muitas pessoas usam para ‘refrescar’ e camuflar os cheiros da casa fechada ou da humidade.


Mas este ato aparentemente inofensivo pode encher a sua casa de químicos prejudiciais à sua saúde, alertam os cientistas.
Segundo informa o Daily Mail, os especialistas dizem que os perfumes presentes nas velas, nos ambientadores e em produtos de limpeza contêm limoneno, que reage com outros gases no ar transformando-se em formaldeído, que numa sala mal ventilada pode alcançar níveis perigosos.
É o que sugere um estudo feito pelo professor Alastair Lewis do Centro Nacional para a Ciência Atmosférica da Universidade de Iorque, que analisou seis casas durante cinco dias.
O investigador descobriu ainda que o formaldeído criado quando o limoneno entra em contacto com o ozônio presente no ar atinge níveis que podem provocar câncer no nariz e na garganta. Podendo também provocar dores de garganta, tosse, coceira nos olhos e sangramentos pelo nariz.

Postagens mais visitadas