Saiba como proceder caso seja picado por um escorpião

Uma nova "praga" está atormentando os moradores dos bairros do Butantã e Morumbi, em São Paulo.
De acordo com o biólogo Giuseppe Puorto, membro do Conselho Regional de Biologia da 1ª Região, com o aumento do calor, os escorpiões invadem as casas à procura de onde se alojar e em busca de baratas, que se reproduzem mais nesta época do ano.

“Escorpiões se alimentam de baratas, que são insetos domésticos, e que, nessa época do ano, proliferam-se, já que as condições climáticas são favoráveis para sua reprodução”, explica.
Segundo informações da Coordenação de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo, há algumas orientações de como proceder caso alguém da sua família seja picado.
1- Lave o local da picada com água e sabão, depois faça uma compressa com água morna, em seguida, procure imediatamente o centro de saúde mais próximo de sua residência;
2- Se possível, capture o animal para posterior identificação;
3- Não impeça a circulação sanguínea, corte ou perfure ao redor da lesão;
4- Não coloque folhas ou pó de café no local do ferimento.
Em São Paulo, caso não exista o soro antiescorpiônico no centro de saúde mais próximo, a pessoa picada é encaminhada ao Hospital Vital Brazil, localizado dentro do Instituto Butantan, na Avenida Vital Brasil, zona oeste de São Paulo.

Postagens mais visitadas