Criador de abelhas diz ter produzido mel de maconha

Nicolas "Trainerbees" (treinador de abelhas, como ele se autodenomina) postou na noite da última quarta-feira um vídeo com a sua plantação de maconha. 

Com algo inédito: abelhas em volta de suas flores. E ele garante que o produto rende o mesmo barato que um baseado. Só que sem os malefícios da fumaça.


Ele também diz que as abelhas não sofrem qualquer efeito da cannabis ao puxar o pólen da planta por não possuírem receptores de canabinoides.
O homem de 39 anos vive na França e diz ter passado os últimos anos preocupado em unir suas duas paixões: maconha e abelhas. Treinou os bichinhos para coletarem o açúcar de frutas, ao invés de usar flores. Deu certo. Tentou, então, ensiná-las a puxar a resina da maconha e levar de volta à colmeia para produzir mel, o que ele diz ter conseguido. 
Em entrevista ao Mirror, Darryl Cox, do Bumblebee Conservation Trust, um grupo de pesquisa e preservação de abelhas, acredita no feito de Nicolas. "Abelhas poderiam coletar o pólen da cannabis, o que poderia ser potencialmente intoxicante", conta.
Como o produto ainda não está à venda, apenas Nicolas pode dizer se o mel causa ou não algum efeito psicoativo.

Postagens mais visitadas