Mulher é condenada a quatro anos de prisão por matar cão

É, parece que nos Estados Unidos a coisa está mudando e a lei está ficando realmente mais dura para quem comete crimes contra animais.

Até pouco tempo, crimes de abuso animal eram julgados com penas mínimas, mas ultimamente os juízes estão mostrando querer realmente reprimir a crueldade animal.
Na última semana de fevereiro uma mulher de Nova Jersey foi condenada a quatro anos de prisão por atirar um cão no meio de uma rua movimentada. A mulher terá ainda que fazer 30 dias de serviço comunitário para uma organização envolvida com a prevenção de crueldade animal após sair da prisão.
Tudo aconteceu por conta de uma briga de vizinhos por causa de um estacionamento. Haniyyah Barnes, a acusada, e Nazirah Bey, a dona do cão, dividiam um estacionamento. Um dia, Barnes simplesmente ficou furiosa porque o Carro de Nazirah estava bloqueando o carro de sua mãe.
O Juiz responsável pelo caso disse que Barnes mostrou-se "indiferente e insensível" em relação ao cão e que ela tem um "problema de raiva que precisa ser resolvido". (Foto: Reprodução / Patti Sapone / NJ Advance Media)
O Juiz responsável pelo caso disse que Barnes mostrou-se “indiferente e insensível” em relação ao cão. (Foto: Reprodução / Patti Sapone / NJ Advance Media)
Em um acesso de fúria, Barnes começou a chutar a porta da casa da vizinha e, quando Honey Bey, o pequeno cão de dois anos de idade da raça Shih Tzu de Nazirah, começou a latir, Barnes o pegou pelo pescoço e jogou-o no meio da rua. O cão foi atingido na hora por um veículo e morreu.
Um policial estava em um carro de patrulha nas proximidades e testemunhou Barnes arremessando o cão minúsculo para a rua. Daryl Williams, pai de Nazirah, ainda está profundamente abalado com o incidente. Ele estava doente quando isso ocorreu, e diz o cãosinho o ajudava. “Quero dizer, isso dói, porque eu não tenho mais o meu pequeno amigo”, ele disse triste. Para Nazirah, contar para seus filhos o que aconteceu foi devastador, pois eles eram muito apegados ao animal.
Mulher-é-condenada-a-quatro-anos-de-prisão-por-matar-cão-nos-Estados-Unidos-pdd1
Barnes foi condenada a quatro anos de prisão e terá que realizar serviço comunitário com uma organização que trabalha contra a crueldade animal ao sair da prisão. (Foto: Reprodução / Patti Sapone / NJ Advance Media)
No primeiro julgamento, o Juiz Richard Sules, responsável pelo caso, disse que Barnes mostrou-se “indiferente e insensível” em relação ao cão e que ela tem um “problema de raiva que precisa ser resolvido”. Em 13 de outubro de 2015, um júri condenou-a pelos crimes de crueldade animal, roubo e dano criminal.
Após novo julgamento, no final de fevereiro deste ano, requerido pelo advogado de Barnes, o Juiz Sules condenou a mulher a quatro anos de prisão por seus crimes. Ela também deverá pagar uma indenização para Nazirah no valor de 2.000 dólares e irá realizar 30 dias de serviço comunitário com uma organização que trabalha contra a crueldade animal após sair da prisão.
 Do Portal do Dog

Postagens mais visitadas