Polícia fecha fábrica de bebidas falsificadas que iam para bailes

A polícia fechou uma fábrica clandestina de bebidas, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, como mostrou o Bom Dia Rio desta segunda-feira (27). 

As garrafas eram de marcas importadas, mas a fábrica ficava no bairro Marambaia. A polícia disse que as bebidas iriam pra bailes funk bancados por traficantes de drogas.
Nove pessoas foram presas por falsificação. O crime pode dar de quatro a oito anos de cadeia. A polícia também prendeu o homem suspeito de ser o dono da fábrica, Renê Pone dos Santos, por associação ao tráfico de drogas, e pediu uma perícia do líquido que estava sendo engarrafado. A produção do Bom Dia Rio não tinha conseguido contato com o advogado de Renê até o momento em que o telejornal foi ao ar.
Do G1

Postagens mais visitadas