Vigilância Sanitária interdita supermercado Extra

A Vigilância Sanitária interditou na manhã desta segunda-feira, 6, a unidade do supermercado Extra no Setor Serrinha, em Goiânia. 

De acordo com o órgão, durante a fiscalização foram encontradas várias irregularidades na higiene e conservação de alimentos.
O órgão divulgou que desde o ano passado o supermercado tem sido interditado por apresentar as mesmas irregularidades. Em novembro, um inquérito contra o empresa foi aberto na Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon). Na ocasião o gerente chegou a ser preso.
Durante a fiscalização no estabelecimento, foram encontrados gatos, ratos e fezes de animais por todo o depósito. A Vigilância Sanitária informou que nas ocorrências anteriores somente o local de armazenamento foi interditado, mas com o descumprimento das normas estabelecidas, desta vez, toda a unidade foi fechada.
Ainda de acordo com o órgão ficalizador, as câmaras frias do supermercado apresentam condições precárias e foram apreendidos vários produtos fora dos padrões de qualidade.
A Decon também esteve no local e irá instaurar um novo inquérito para investigar o caso. A Polícia Civil informou que o crime de relações de consumo prevê pena de dois a cinco anos aos responsáveis pela manutenção e gestão da empresa. O atual gerente do estabelecimento não estava no local e por isso, não foi preso em flagrante.
A rede de supermercados Extra informou em nota, que a unidade interditada não corresponde aos padrões exigidos pela empresa e que “a loja está tomando todas as providências necessárias para correção, conforme orientação dos órgãos.”

Fonte

Postagens mais visitadas