Tire as dúvidas mais comuns sobre sexo durante a menstruação

O sexo é um dos pilares do bem-estar físico e mental dos casais, contudo, muitos continuam a evitar as relações quando a mulher está menstruada, seja por aversão ao fluxo sanguíneo, seja por falta de informação sobre o assunto ou os possíveis riscos.


Quanto à primeira situação, não há muito a fazer, afinal o casal tem todo o direito de não querer ter relações em um momento tão sensível. O que importa é que ambos se sintam bem com isso e não se importem de passar entre cinco a sete dias de abstinência.
Mas quando em causa está a falta de informação, nada como esclarecer as dúvidas. E foi isso que a revista norte-americana Cosmopolitan fez, revelando as verdades e as mentiras sobre o assunto. Confira tudo o que deve saber:
1 – O sexo durante a menstruação aumenta o risco de infecção. Falso. É tal e qual ao sexo desprotegido sem menstruação.
2 – A mulher nunca deve usar um tampão durante o sexo. Verdade. Além de não reduzir o risco de infecção, o uso de tampão pode fazer com que a sua remoção seja mais difícil e dolorosa depois do ato sexual.
3 – O sexo pode ajudar a reduzir as cólicas menstruais. Verdade.
4 – As mulheres não ficam excitadas quando estão menstruadas. Falso
5 – Não existem formas de fazer com que o sexo fique menos ‘sujo’. Falso. Segundo a revista, ter relações no chuveiro é uma boa opção, tal como usar algum tecido mais escuro na cama e que não faça notar as manchas de sangue. Depois é só colocar na máquina para lavar.
6 – Não é preciso usar preservativo quando se faz sexo durante o período da mulher. Falso. Se a mulher tiver menstruações regulares, o risco de engravidar é reduzido, mas continua a existir o risco de transmissão de infecções através do sangue.
7 – A menstruação será mais intensa se a mulher tiver relações sexuais. Falso. Segundo a Cosmopolitan, as contrações que a mulher tem durante o orgasmo podem fazer com que saia mais sangue, mas isso não significa que o período seja mais intenso e com maior fluxo depois. 

Postagens mais visitadas