SIM apreende 300 kg de carne clandestina

O Serviço de Inspeção Municipal (SIM), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico de Presidente Prudente (Sedepp), apreendeu e condenou nesta segunda-feira (10) cerca de 300 quilos de carne bovina de origem clandestina que seriam destinados à fabricação de embutidos. 

A carne foi encontrada em um estabelecimento localizado na zona leste, que não tinha autorização para manipulação de alimentos nem registro junto à Prefeitura de Presidente Prudente. O Poder Executivo não divulgou o nome do local.
Conforme a diretora e médica veterinária do SIM, Maria de Lourdes Mussa, os restos (sebos) eram provenientes da limpeza da carne, adquiridos em outros estabelecimentos e manipulados no local, sem condições de consumo. “O estabelecimento não tinha autorização para a fabricação de linguiça”, salientou.
Segundo ela, a mesma era vendida por um ambulante que não tinha autorização para esse tipo de manipulação de alimentos.
De acordo com a diretora do SIM, a fiscalização foi proveniente de uma denúncia. No entanto, ela ressaltou que o trabalho de fiscalização é feito diariamente aos estabelecimentos para assegurar a qualidade dos alimentos de origem animal.  Segundo ela, com a apreensão, a carne já foi devidamente condenada no local, com uso de produtos químicos que impedem que possa ser reaproveitada.
Maria de Lourdes salientou ao G1 que a população deve estar atenta para não consumir produtos sem procedência.
Serviço – Denúncias de casos do gênero podem ser feitas através do telefone da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que é o 3918-4200.
Do G1 Presidente Prudente

Postagens mais visitadas