Macaco-prego de espécie rara morre no Parque Arruda Câmara, na Paraíba

Com apenas uma semana de vida, um macaco de espécie rara morreu na manhã desta quarta-feira (9) no Parque Arruda Câmara (Bica), em João Pessoa.


O filhote de macaco-prego galego nasceu na última quinta-feira (3), junto com mais cinco irmãos, que continuam vivos. A espécie está em vias de extinção e os biólogos do Parque devem realizar uma biópsia no corpo do animal para investigar a causa da morte.

"A fêmea talvez não tenha tido maturidade suficiente para amamentar direito, cuidar do animal, e então aconteceu isso", comentou Jair Azevedo, diretor do Parque.
No entanto, na semana passada, também nasceu um macaco-prego comum. Ele está com seis dias de vida e é o caçula da ilha dos macacos.
Outras novidades
Outra novidade no Parque Arruda Câmara é no Recinto das Cobras. Uma Piton “Birmanesa”, com dois metros e vinte centímetros de comprimento, é um animal raro e foi apreendida pela Polícia Ambiental. Ela está em quarentena e em quinze dias deve ficar disponível para visitação.

"Por ser um animal que foi criado por uma pessoa em casa, tem que passar por esse período de quarentena, porque ela pode trazer alguma doença e passar para os outros animais", explicou o diretor.

Postagens mais visitadas