Supermercado é interditado após apreensão de 1,5 tonelada de produtos vencidos

Nesta terça-feira (8/11), o Procon Goiânia, a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon) e a Vigilância Sanitária atenderam a uma denúncia sobre a venda de produtos vencidos com validade adulterada num supermercado, no Jardim Planalto, na região sudoeste da cidade.

Na ação, mais de 1.500 quilos de produtos foram apreendidos por estarem vencidos, sem precedência, manipulados em condições impróprias e em estado de deterioração. Entre esses produtos estavam bacon, mortadela, presunto e frios em geral.
A responsável pela Coordenação de Fiscalização da Diretoria de Vigilância Sanitária e Ambiental, Tânia Agostinho, afirma que as condições sanitárias estavam inaceitáveis e que a apreensão não foi realizada só por conta dos produtos vencidos. “Os demais produtos foram recolhidos por não terem identificação de procedência e por estarem sendo fatiados e manipulados em salas sujas”, conta.
Além disso, alguns produtos foram encontrados com lacre rompido e em decomposição, o que levou a Vigilância Sanitária a interditar o estabelecimento. O superintendente do Procon Goiânia, Fernando Valadares, afirma que ações como esta são resultados da parceria do órgão com a sociedade.
“É muito importante que todos os cidadãos que se sintam lesados quanto à relação consumerista em nossa cidade entre em contato com o órgão de defesa do consumidor e formalize sua denúncia”, ressalta o superintendente. As denúncias de casos como este podem serem feitas pelo número de telefone 3524-2349 e também pelo site do Procon Goiânia, por meio do site da Prefeitura.

Postagens mais visitadas