Operação Carcaça apreende mais de 5 toneladas de carne

Nesta quinta-feira (8), policiais da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana de Canoas, com apoio da Vigilância Sanitária Municipal e Ministério da Agricultura e Agropecuária, deflagraram a Operação Carcaça e apreenderam mais de cinco toneladas de carnes impróprias para o consumo humano. 

Segundo o Diretor da 2ª DPRM/Canoas, delegado Cristiano Alvarez, a Força Tarefa de Combate aos Abigeatos informou que um homem de um açougue familiar tinha sido preso em flagrante, na última quarta-feira, com outros dois homens, na posse de 31 animais furtados, no município de Restinga Seca. "Foi encontrada grande quantidade de carne armazenada de forma irregular, algumas sem refrigeração, outras em sacos no chão, forte odor de carne estragada e, ainda, moscas varejeiras entre os alimentos", afirmou o delegado. 
Em um posto de combustíveis estava um caminhão, identificado como sendo de hortifrutigranjeiros mas, na verdade, estava repleto de carne. Várias peças de gado, sem qualquer origem comprovada, ainda tinham pelos dos animais, indicando sua procedência de abate clandestino. As toneladas de carnes apreendidas foram descartadas e destinadas à ração e a um zoológico. O acusado irá responder pelo crime de venda de produtos impróprios para o consumo.
Fonte: 2ª DPRM/Canoas
Amanda Xavier

Postagens mais visitadas