Viciada em bronzeamento mostra terrível resultado de abuso do sol

Margaret Murphy deixou a nativa e chuvosa Dublin (Irlanda) para viver na Grécia. O clima mediterrâneo era um convite para o banho de sol. 

A irlandesa, porém, ficou viciada em bronzeamento.
Foram dez anos morando em Creta e tomando sol frequentemente. O resultado veio em dezembro do ano passado. Margaret teve que iniciar um tratamento de 28 dias para remover do rosto muitas lesões pré-cancerígenas.
A mulher de 45 anos documentou a evolução das lesões no Facebook:
A evolução das graves lesões faciais provocadas por excesso de sol
"Passei uma década vivendo e Creta e me bronzeando para ter uma boa aparência, acreditando que, por já estar bronzeada, não precisava de filtro solar", escreveu ela.
O Globo

Postagens mais visitadas