Operação apreende toneladas de alimentos impróprios

Uma operação que mobilizou Polícia Civil, Ministério Público e fiscais da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Vigilância Sanitária, apreendeu cerca de três toneladas de alimentos impróprios para consumo em Torres e Arroio do Sal, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul. 

Oito estabelecimentos foram inspecionados entre segunda (21) e terça-feira (22).
Segundo o delegado Daniel Mendelski, foram vistoriados cinco locais na praia de Torres e outros três na praia de Arroio do Sal. São, em maioria padarias, restaurantes e minimercados.
No interior dos prédios, conforme a Polícia Civil, foram constatadas diversas irregularidades na armazenagem dos produtos, alguns vencidos, sem procedência e fora da temperatura adequada.
Um dos locais foi interditado pela Vigilância Sanitária Municipal de Torres. O proprietário foi preso em flagrante por crimes contra as relações de consumo, no caso, “vender, ter em depósito para vender ou expor à venda mercadorias em condições impróprias ao consumo”, como prevê a legislação, e encaminhado à Delegacia de Polícia da cidade.
Tamb[em em Torres, outros dois pontos foram fechados na ação, até que as irregularidades sejam sanadas.
Locais vistoriados são, em maioria, padarias, restaurantes e minimercados (Foto: Ministério Público/Divulgação)Locais vistoriados são, em maioria, padarias, restaurantes e minimercados (Foto: Ministério Público/Divulgação)
Foram encontradas irregularidades na armazenagem dos produtos, alguns vencidos, sem procedência e fora da temperatura adequada (Foto: Ministério Público/Divulgação)Foram encontradas irregularidades na armazenagem dos produtos, alguns vencidos, sem procedência e fora da temperatura adequada (Foto: Ministério Público/Divulgação)Do G1 RS

Postagens mais visitadas