Vigilância Sanitária interdita 35 lojas do Shopping

A Vigilância Sanitária interditou 35 estabelecimentos do Shopping da Gávea, na Zona Sul do Rio, nesta terça-feira. Em mais uma etapa da operação “Vigilância no Shopping”, 26 lojas foram interditadas totalmente e outras nove de forma parcial.


Dos 120 estabelecimentos inspecionados, foram aplicadas 39 multas e inutilizado 31 quilos de alimentos. Das lojas interditadas totalmente, 12 comercializam alimentos, três são óticas, cinco são salões de beleza, uma academia, um consultório de fisioterapia, uma sala de massagem, uma de depilação, um consultório médico e um posto de coleta de materiais para exames laboratoriais.

Das interdições totais, 25 foram por falta de licenciamento sanitário e uma por falta de asseio e condições estruturais insatisfatórias do restaurante Papa Gui. Os estabelecimentos interditados por falta de licenciamento devem fazer a solicitação do documento para que possam ser reabertos. O restaurante interditado por condições higiênico-sanitárias inadequadas deverá providenciar a limpeza e os reparos solicitados pela Vigilância Sanitária.

A operação "Vigilância no Shopping" começou em maio e tem como foco estabelecimentos de alimentos, farmácias, óticas, climatização de ambientes, banheiros, água de consumo, acondicionamento e descarte do lixo, bem como as condições de trabalho dos funcionários do shopping e dos estabelecimentos que comercializam produtos e serviços no local. Até o momento, já foram inspecionados cinco shoppings e a operação continuará até inspecionar todos os grandes centros comerciais do município do Rio de Janeiro.

A assessoria de imprensa do Shopping da Gávea informa que o empreendimento colaborou com a operação realizada pela Vigilância Sanitária e esclarece que todas as lojas passam por fiscalização periodicamente: "Reiteramos, ainda, o compromisso do shopping com a satisfação dos clientes."


Do Globo

Postagens mais visitadas