Infestação de piolhos de pombo deixa 1,2 mil alunos sem aulas

Cerca de 1,2 mil alunos da escola estadual Mário Garcia, em Camboriú, estão sem aulas desde segunda-feira devido a uma infestação de piolhos de pombo. 

Das 14 salas, oito estavam infestadas e havia risco para os estudantes. Nesta terça, o colégio passou por uma dedetização e a Vigilância Sanitária notificou o Estado, para que tome providências. 

O piolho de pombo é um tipo de ácaro que se alimenta do sangue das aves. Quando tem contato com o ser humano, pode causar dermatites _ um tipo de alergia na pele _ com coceira e inchaço. A escola está tomada por pombos há pelo menos três anos. Só ontem, foram encontrados 40 animais. Eles foram atraídos por buracos na forração da escola, e acabam fazendo ninhos no telhado. 

O ofício enviado pela Vigilância Sanitária dá prazo de 30 dias para que o Estado resolva o problema. O órgão municipal fez o trabalho emergencial _ recolocação de telhas, conserto do forro onde era possível, e instalação de telas nos buracos para evitar que os pássaros voltem à forração. 

A Gerência Regional de Educação informou que as aulas serão retomadas na quinta-feira, e que todos os reparos serão feitos rapidamente. O Estado alega que há um criadouro de pombos próximo à escola, que teria provocado a infestação.

Postagens mais visitadas