Cabeleireira fica careca após alisamento e pede ajuda

A cabeleireira Katiane Muniz, de Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá), pede ajuda pelas redes sociais, para comprar uma peruca, por ter perdido todo o cabelo após aplicar um produto para alisamento.

Em postagem, no dia 12 de outubro, em sua págnia do Facebook, Katiane relatou que utilizou o produto “Sfera” da marca Nazca Cosméticos no dia 8 de outubro, quando ocorreu a queda de cabelo. Ela disse que ao perceber que ficou careca, chegou a pensar em suicídio.
Ao , a empresa que fabrica o produto, Nazca Cosméticos, afirmou que Katiene não seguiu as recomendações indicadas no produto e por isso ocorreu a queda de cabelo. No domingo (15) a cabeleireira fez uma nova postagem assumindo ter utilizado o produto de maneira errada, e pedindo ajuda para comprar a peruca. Na publicação ela diz que não quer ser julgada pelas pessoas.
“Preciso é de ajuda, não de críticas e nem modo de usar, pois já foi feito e agora não adianta mais", destacou na publicação.
A gerente de marketing da Nazca Cosméticos, Priscila Almeida, falou ao  que a empresa conversou com a cabeleireira e explicou que o produto deveria ter sido testado antes e que há algumas contraindicações no produto.
“Ela deveria ter feito o teste de pele e capilar em uma mecha de cabelo, antes da aplicação do produto, para evitar alergia ou corte químico, conforme orientam as instruções. E este produto é contraindicado para cabelo que possui algum outro tipo de química, e ela faz tintura no cabelo”, explicou a gerente.  
A empresa disse que mesmo identificando erro no uso do produto, ofereceu o suporte necessário à consumidora.
“Ela disse que estava chateada pela situação, mas que se sentiu melhor por ter recebido nosso contato. Mesmo em caso de erro na aplicação do produto, nós oferecemos todo suporte necessário, com indicação de médico especialista e também a compra da peruca que ela desejar”, disse Priscila.
A Nazca informou que fez um teste em outros produtos do mesmo lote do usado por Katiene e que não foi encontrada nenhuma anormalidade. O produto é certificado e autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para ser comercializado no Brasil.
Quem quiser colaborar com qualquer quantia para a compra da peruca pode depositar na conta de Winicios Muniz Gonçalves, na Caixa Econômica Federal, Conta Corrente: 0017101-8, Agência: 0252 (A conta é do filho de Katiene).

Postagens mais visitadas