Gado era abatido ao lado de curral e carne vendida em comércios

Um abate clandestino de gado foi encontrado pela Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) em uma propriedade rural de Talismã, sudoeste do Tocantins. 


De acordo com os fiscais, a carne dos animais abatidos irregularmente era vendida no comércio local. Próximo ao abatedouro foram encontrados ossos, couros e órgãos em decomposição e animais mortos no local.
O abate clandestino em Talismã foi encontrado após denúncia anônima. A interdição ocorreu nesta quarta-feira (8) e contou com o apoio da Polícia Ambiental. O produtor rural foi multado em R$ 1 mil e teve o abatedouro interditado.
Outros dois abatedouros foram fechados em Barrolândia no final de outubro. O abate de animais para comercialização só pode ser realizado em estabelecimentos regulamentados, pois as carnes recebem selo de inspeção sanitária.
“O abate era feito anexo ao curral, em uma instalação precária, e segundo o funcionário da fazenda as carnes eram destinadas ao comércio local, por isso, vamos oficializar a Vigilância Sanitária para fiscalizar todo o comércio do município”, explicou o fiscal Dwany Carvalho.
Quer saber mais notícias de todo o estado? Acesse o G1 Tocantins.

Postagens mais visitadas