Se você come rápido demais, eis o que está causando ao seu corpo

Médicos e nutricionistas recomendam que as refeições sejam feitas sempre em ambientes tranquilos e que o ideal é mastigar lentamente cada garfada, saboreando bem os alimentos. 

O hábito, além de ajudar no emagrecimento, pode também ser fundamental para proteger a saúde.

Comer rápido demais provoca doenças

De acordo com um estudo feito pela Universidade de Hiroshima, no Japão, comer rápido demais aumenta em até cinco vezes o risco de uma síndrome metabólica, condição que eleva as chances de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade, hipertensão e colesterol alto.
Para conduzir a pesquisa, os cientistas acompanharam, durante o período de cinco anos, 642 homens e 441 mulheres saudáveis com 51 anos de idade, que foram divididos em três grupos, de acordo com a velocidade que comiam.
casal gula obesidade 216 400x800
ZHENYAKOT/ISTOCK
O trabalho científico descobriu, então, que 11,6% das pessoas que ingeriam muito rápido os alimentos desenvolveram síndrome metabólica bem acima das taxas observadas nos outros dois grupos. Os dados foram divulgados pelo American Heart Association.
Segundo os pesquisadores, quando as pessoas comem rápido demais normalmente exageram nas refeições porque demoram para se sentir saciadas. O fato ainda poderia provocar variações no nível de glicose, que levariam a um quadro de resistência à insulina, responsável por regular o açúcar no sangue.

Postagens mais visitadas