Galpão utilizado para produção de linguiças artesanais é interditado

A Vigilância Sanitária interditou nesta segunda-feira (23) um galpão utilizado para a produção de linguiças artesanais no Centro de Governador Valadares (MG), no Vale do Rio Doce. 

Segundo a secretaria municipal de Saúde, o local apresentava condições precárias de higiene, não possuía alvará e documentações necessárias para funcionamento e estava com o registro de produto no Serviço de Inspeção Municipal (SIM) vencido desde 2008.
O dono do estabelecimento, que não teve idade e identidade informadas, já teve um estabelecimento interditado em 2011, quando mantinha uma fábrica no Bairro São Paulo com as mesmas condições precárias.
Desta vez a interdição aconteceu após uma denúncia anônima. "Reforçamos o apoio da população através das denúncias, pois, como nesse local, onde não havia placa de identificação e já havia passado pelo mesmo processo anteriormente e acabou fugindo, nem a vigilância sabia do paradeiro. Foi através da denúncia que chegamos ao local“, explica um dos fiscais responsáveis pela interdição, Geraldo da Silva.
Segundo a Vigilância Sanitária, um processo administrativo será instaurado contra o dono da fábrica clandestina. “Por enquanto não confiscamos nenhum material. O local foi interditado e agora precisamos do resultado da ação administrativa, que vai decidir pelas multas ou penas educativas, podendo o proprietário ter até o local fechado de forma definitiva. Ainda não sabemos exatamente para onde os produtos eram vendidos, mas geralmente iam para comércios de bairros periféricos", completa Geraldo.
Fiscais notaram condições precárias de higiene no local (Foto: Prefeitura de Governador Valadares / Divulgação)Fiscais notaram condições precárias de higiene no local (Foto: Prefeitura de Governador Valadares / Divulgação)
Fiscais notaram condições precárias de higiene no local (Foto: Prefeitura de Governador Valadares / Divulgação)
Fábrica artesanal não possuía alvará de funcionamento e registro de produto (Foto: Prefeitura de Governador Valadares / Divulgação)Fábrica artesanal não possuía alvará de funcionamento e registro de produto (Foto: Prefeitura de Governador Valadares / Divulgação)
Fábrica artesanal não possuía alvará de funcionamento e registro de produto (Foto: Prefeitura de Governador Valadares / Divulgação)
Do G1

Postagens mais visitadas