Pets e Copa não combinam? Como proteger seu bichinho do barulho

A Copa do Mundo é um momento de alegria para muitas pessoas, mas toda essa agitação também traz preocupação para donos de animais de estimação já que o barulho de fogos de artifício, cornetas e gritos de "gol" pode ser um martírio para os pets. 

Para driblar situações como essa, conversamos com Marcio Barboza, veterinário e gerente técnico pet da MSD Saúde Animal, que deu dicas de como tornar essa temporada menos aterrorizante para os bichinhos.
Segundo o especialista, uma forma de minimizar o estresse causado pela Copa do Mundo é treinar os animais para que se acostumem com o barulho. Para isso, Márcio recomenda que os donos "habilitem o cachorro a esse tipo de som para que não seja uma surpresa".
Apesar do susto, de acordo com o veterinário, o alvoroço dos fogos e cornetas dificilmente vai danificar a audição dos bichinhos - exceto em casos no qual o som ocorra bem próximo do ouvido. "Não chega a causar a perda da audição, mas pode provocar uma crise convulsiva em animais com histórico do problema", explica o especialista. 
Com o isso, é normal que os pets tentem fugir para longe do barulho e, por isso, é recomendável que se deixe o animal em um ambiente com o qual ele já está habituado, mas com portas e janelas fechadas, de preferência, próximo ao cantinho onde ele costuma dormir.
O veterinário ainda destaca uma precaução importante: o uso de coleiras pode ser extremamente perigoso para os bichinhos. "O cachorro pode acabar se machucando e até mesmo se enforcando ao tentar fugir", esclarece Marcio.
Entre os tipos de treinamentos possíveis para evitar o desespero dos animais, o especialista indica colocar o som em um volume alto para que o pet se acostume com o barulho. Porém, é necessário uma certa antecedência, já que cada animal tem seu tempo de adaptação.
Além disso, caso os pets fiquem muito assustados com os sons, pode-se ainda utilizar bolas de algodão no ouvido dos bichinhos. Mas é necessário lembrar de removê-los após a festa, para que o animal possa retornar a sua vida normal.

Postagens mais visitadas